Início » País de origem » Chile » Degustação harmonizada Marques de Casa Concha

Degustação harmonizada Marques de Casa Concha

concha

Evento organizado pela Cavist e Concha y Toro, muito legal. Ocorreu na Cavist do Village Mall, na Barra da Tijuca, funcionou assim: os vinhos foram apresentados com propostas de harmonização (em mini porções) e depois tanto as mini porções, quanto os vinhos ficaram disponíveis para prova, permitindo diferentes tentativas de harmonização. O preço cobrado foi de R$ 90,00 e ao final do evento ainda era permitido escolher uma garrafa de um dos vinhos provados para levar para casa. E além de tudo, contou com a presença do enólogo da linha Marques de Casa Concha da Concha y Toro, Marcelo Papa.

Quanto aos vinhos provados:

1414015917

Marques de Casa Concha Chardonnay 2012: o único branco da degustação, um Chardonnay que ficou 11 meses em carvalho francês, produzido a partir de vinhedos no Vale do Limarí. Apresentou cor amarelo palha. Os aromas lembravam abacaxi, frutas cítricas, jasmim e baunilha. Na boca era encorpado e untuoso, se mantendo também refrescante, graças à sua acentuada acidez e mineralidade, evitando que o vinho ficasse muito pesado devido a forte presença de madeira. Tem acidez para aguentar guarda e o enólogo me disse que tem garrafas de anos anteriores que evoluíram muito bem. Com algum tempo em garrafa creio que a madeira ficará mais discreta e o vinho mais equilibrado. Bom custo benefício para um bom Chardonnay barricado.

1414016897

Marques de Casa Concha Merlot 2011: produzido com uvas do vinhedo de Peumo no Vale do Cachapoal é na verdade um corte, de 85% de Merlot com 15% de Cabernet Sauvignon, que estagiou por 18 meses em barricas de carvalho francês. Na taça era vermelho rubi escuro. Aromas de certa elegância me lembraram amora, baunilha, chocolate, pimenta do reino, café e algo vegetal. Na boca mantinha-se elegante, com bom equilíbrio, de médio corpo a encorpado, boa acidez e taninos finos. Com certeza o mais elegante da linha, sem arestas, embora eu tenha achado meio sem graça, não faz o meu estilo.

1414017857

Marques de Casa Concha Carmenérè 2012: também do vinhedo de Peumo, de parcelas bem próximas às que produzem uvas para o Carmín de Peumo, Carmenérè icônico, do topo da linha da Concha y Toro. Assim como o Merlot estagiou por 18 meses em barricas de carvalho. Cor vermelho rubi escuro. No nariz lembrava ameixa, cereja, baunilha, cacau torrado e ervas frescas. Na boca era macio, de médio corpo a encorpado, acidez adequada, taninos macios e bom equilíbrio. Embora eu não goste da uva Carmenérè, esse é um vinho bem trabalhado que não me desagrada.

1414018118

Marques de Casa Concha Syrah 2011: elaborado a partir de uvas provenientes do Vale de Maipo, assim como os tintos anteriores estagia por 18 meses em barricas de carvalho francês. Na taça apresentou cor vermelho violáceo. No nariz era interessante, lembrava ameixa, tabaco, noz moscada, tostado e algo mineral (terra). Na boca era macio e potente, bastante encorpado, com boa acidez, taninos firmes e interessante equilíbrio. Foi o vinho que mais gostei entre todos os provados, bem típico da uva, com estilo e potência sem exagero e sem ser muito caro. Ótimo custo benefício.

1414018589

Marques de Casa Concha Cabernet Sauvignon 2012: também produzido com uvas do Vale de Maipo, mais especificamente do vinhedo de Puente Alto, mesmo onde são cultivadas as uvas do icônico Don Melchor. Também com estágio de 18 meses em barricas de carvalho francês. Apresentou cor vermelho violáceo. No nariz lembrava amora, ameixa, menta, chocolate e pimenta do reino. Na boca tinha boa potência e maciez, encorpado, com gostosa acidez e taninos firmes. O mais potente da linha, já bebi esse Cabernet ao lado do Don Melchor e devo admitir que prefiro mil vezes comprar uma caixa dele do que uma garrafa do Don Melchor, tendo em vista que o custo das duas opções é praticamente o mesmo.

Siga o blog no FacebookTwitterGoogle+ ou Tumbrl.

Sobre o evento:

Nome: Degustação harmonizada Marques de Casa Concha

Local: Cavist Village Mall, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ

Organização: Cavist e Concha y Toro

Data (horário): 22/10/14 (a partir das 20 horas)

Com quem: Patrícia.

Preço: R$ 90,00 (dava direito a levar uma garrafa de um dos vinhos provados)

Anúncios

4 pensamentos sobre “Degustação harmonizada Marques de Casa Concha

    • Carol,

      É um vinho macio e pronto para beber. No entanto acredito sim que tenha algum potencial de envelhecimento, talvez uns 5 anos, ou seja, beber esse 2012 em 2017.
      Tenho garrafas desse Marques da Casa Concha Cabernet guardadas aqui em casa das safras 2010, 2011 e 2012, em breve poderei te informar mais precisamente sobre o potencial de envelhecimento desse vinho.

      Da linha Terrunyo, também da Concha y Toro, bebi ano passado um Syrah 2007, estava com 7 anos e ótimo.

      Abraço,
      Jorge.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s