Início » País de origem » Itália » Chianti: Brancaia

Chianti: Brancaia

Trab_0688

Dando início aos comentários sobre as vinícolas que visitamos na Toscana, hoje falarei sobre a Brancaia.

A Brancaia começa em 1981 quando um casal de suíços decide comprar a abandonada vinícola de mesmo nome (Brancaia) localizada em Castellina in Chianti. Atingindo certo reconhecimento e existindo a necessidade de se expandir, em 1989 adquirem a propriedade Poppi, localizada em Radda in Chianti, que é onde hoje se realiza todo processo de elaboração dos vinhos da casa e também onde são recebidos os visitantes. Em 1998 a filha do casal e enóloga responsável até hoje pelos vinhos da Brancaia, Barbara Widmer, assume a vinícola e a expande, adquirindo vinhedos na Maremma.

Os vinhedos e ao fundo a vinícola na propriedade de Poppi, Radda in Chianti

Os vinhedos e ao fundo a vinícola na propriedade de Poppi, Radda in Chianti

Com perfil moderno a Brancaia produz principalmente vinhos de corte entre a Sangiovese e uvas francesas, bem como cortes entre uvas provenientes das diferentes propriedades que a vinícola possui. É parte da filosofia da vinícola o plantio adensado dos vinhedos, baixa produção de cachos por planta e trabalho intensivo nos vinhedos. Os vinhos da Brancaia são exportados para diversas partes do mundo, inclusive no Brasil, onde são importados pela importadora Grand Cru.

TRAB_0685

A vinícola é aberta a visitação de segunda a sexta feira durante todo o ano e também aos sábados nos meses de Abril a Outubro, funcionando das 09:00 às 18:00 horas. É recomendado, mas não necessário, agendar a visita. Há um custo de 10 euros por pessoa para visitação e degustação ou 5 euros para apenas degustação. Gostaria de agradecer a Brancaia pela cortesia que nos foi oferecida durante nossa visita.

Quanto aos vinhos que experimentamos:

1407573484

Brancaia Il Bianco 2012: o único branco produzido pela casa é um corte de Sauvignon Blanc (90%), com Viognier (5%), Gewurztraminer e Sémillon (5%), sem passagem por madeira. Na taça tinha cor amarelo palha. O nariz era cítrico e mineral, lembrando também jasmim, pera e um toque de mel. Na era leve e fresco, com ótima acidez e mineralidade. Interessante, nem parecia ser Sauvignon Blanc a uva dominante, já que os traços mais comuns dessa uva não estavam muito acentuados no vinho.

1407573814

Brancaia Tre 2012: o vinho de entrada da casa é um interessante corte de Sangiovese (80%), Merlot e Cabernet Sauvignon (20%) com uvas de três diferentes procedências, do vinhedos de Brancaia em Castellina in Chianti, de Poppi em Radda in Chianti e de Grosseto na Maremma, tendo envelhecido por 12 meses em tonéis de carvalho francês, metade novos, metade usados. Na taça apresentou bela cor vermelho rubi. No nariz lembrava cereja, framboesa, leve café e interessante nota vegetal. Na boca era bem macio e equilibrado, com acidez ótima, taninos finos e médio corpo. Vinho interessante, tem jeito de Chianti ao mesmo tempo que não parece ser (e realmente não é). Bom custo benefício.

1407574267

Brancaia Ilatraia 2011: elaborado com uvas francesas provenientes dos vinhedos em Grosseto, na Maremma, é um corte entre Cabernet Sauvignon (40%), Petit Verdot (40%) e Cabernet Franc (20%) que estagiou por 18 meses em barricas de carvalho. Na taça demonstrou uma profunda cor vermelho violáceo. No nariz tinha certa complexidade, ainda jovem, estava um pouco fechado, lembrava ameixa, café, pimenta preta e interessante nota vegetal. Na boca apesar de novo era macio, encorpado, com taninos firmes e boa acidez.

1407574614

Brancaia Chianti Classico Riserva 2011: único vinho da casa a seguir as regras de uma DOC ou DOCG, esse Chianti Classico Riserva é elaborado com as melhores uvas Sangiovese de duas diferentes propriedades, Brancaia em Castellina in Chianti e Poppi em Radda in Chianti. Além de 80% de Sangiovese é complementado por 20% de Merlot. Na taça tinha cor vermelho rubi de certa transparência. No nariz era complexo, lembrando amora, framboesa, geleia, noz moscada e elegante vegetal. Na boca tinha deliciosa e forte acidez, sem perder o equilíbrio, era encorpado, macio, com taninos finos e de boa presença. Persistência longa. Pronto para beber, mas com certeza irá evoluir se guardado mais uns anos. Meu preferido da prova, um Chianti Classico Riserva de perfil moderno, um vinho muito bom e interessante.

1407575131

Brancaia Il Blu 2009: super toscano ícone da vinícola é um corte de metade de Sangiovese (50%) com 45% de Merlot e 5% de Cabernet Sauvignon que estagia por 20 meses em barricas de carvalho, a maioria delas novas. Na taça apresentou cor vermelho violeta profundo. No nariz era complexo e já demonstrava potencia, lembrando amora, café, chocolate, pimenta e eucalipto. Na boca era muito bem estruturado, encorpado, com forte acidez e taninos fortes, que embora finos, precisam de mais um tempo em garrafa para amaciar. Vinho novo, já bem gostoso de beber, mas com certeza para ser guardado por mais um tempo.

Com belos e bem cuidados vinhedos, como os das fotos que ilustram a postagem, a visita a Brancaia é mais que recomendada. Espere encontrar uma vinícola de médio porte e com perfil moderno, com foco na qualidade e que procura se diferenciar das outras na forma de fazer seus vinhos, considerando o tradicional, mas sem se limitar por ele.

Uvas e rosas

Uvas e rosas

Indo ou voltando da vinícola não deixe de passar na vila de Castellina in Chianti, muito charmosa e acolhedora, além de não muito cheia de turistas, oferece algumas boas opções de restaurantes para almoço ou jantar, além de meia dúzia de enotecas que merecem a visita.

A rua principal de Castellina in Chianti

A rua principal de Castellina in Chianti

Siga o blog no FacebookTwitterGoogle+ ou Tumbrl.

Resumo da visita:

Vinícola: Brancaia

Localização: Località Poppi, Radda in Chianti

Data da visita: 09/08/2014

Com quem: Patrícia

Preço da degustação: 10 euros (ao blog foi concedida cortesia)

Anúncios

Um pensamento sobre “Chianti: Brancaia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s