Início » País de origem » Itália » Visão geral sobre enoturismo na Toscana

Visão geral sobre enoturismo na Toscana

Toscana

Nesse mês de agosto de 2014 estivemos, eu e Patrícia, viajando pela Toscana. Ficamos 18 dias por lá e conhecemos diversas cidades em diferentes partes da região, bebemos bastante vinho e fomos a algumas vinícolas, as quais em breve pretendo começar a comentar sobre.

Está sendo difícil dedicar tempo para o blog, pois, além do que tenho para resolver a respeito do trabalho que acumulou durante a viagem, também estou de mudança (de casa), mas aos poucos vou colocando as coisas em dia.

Difícil falar de Toscana sem cair no lugar comum ou sem repetir o que guias turísticos, além de inúmeros blogs e sites, já abordaram. Então farei assim, a partir do que vi comentarei brevemente, dando minha opinião, sobre alguns pontos que mais me chamaram atenção, todos relacionados ao enoturismo e aos vinhos da região como um todo (os tópicos foram listados sem nenhuma ordem específica). Ao final do post também deixarei como dica de leitura alguns sites e blogs que eu consultei e recomendo.

Típica paisagem toscana, nos arredores de Castellina in Chianti

Típica paisagem toscana, nos arredores de Castellina in Chianti

1) Beba o vinho de cada local em que passar (diversidade): embora a uva Sangiovese reine quase absoluta na região, cada denominação, cada local tem seu clima, seus métodos de vinificação e suas variedades e clones típicos de Sangiovese, como o Sangiovese Grosso de Montalcino e o Prugnolo Gentile de Montepulciano. O resultado disso é uma grande diversidade de estilos e sabores que vale a pena ser experimentada. Portanto quando viajar pela Toscana, procure sempre beber os vinhos de cada cidade ou local por onde passar.

2) Super toscanos são bons, mas nada como o tradicional: os chamados “super toscanos” (super tuscans) são vinhos, muitos deles bastante badalados, famosos e caros, produzidos na Toscana a partir de uvas francesas. São elaborados por todas as partes da região e diversos deles, além de ótimos vinhos, são bem interessantes, valendo a pena conhecê-los. Mas depois de tudo que provei julgo que os melhores e mais interessantes vinhos da região são os tradicionais, aqueles recheados de histórias, produzidos com as uvas locais e com o conhecimento adquirido por gerações de viticultores.

A cidade de San Gimignano, suas torres, viinhedos e oliveiras

A cidade de San Gimignano, suas torres, viinhedos e oliveiras

3) Experimente os brancos: a Toscana é terra de tintos, a maior parte da produção é de tintos, os melhores vinhos, as denominações mais conhecidas e prestigiadas são, em sua maioria, de vinhos tintos. No entanto, principalmente se visitar a região no verão, não deixe de provar os brancos, dificilmente irão surpreender, assim como não vão desapontar. Vale a pena conhecer. Provei alguns bons vinhos de cortes entre uvas locais, como a Trebbiano e a Malvasia, geralmente utilizadas na produção de Vinsanto. Vernaccia não fez muito meu estilo, mas é um vinho interessante e bastante apreciado. Mais comuns de serem encontrados, os brancos produzidos com a uva Vermentino tendem a ter ótima acidez e frescor e vão muito bem no calor e ou com um prato de frutos do mar.

4) Beba vinhos em restaurantes: algo bastante óbvio, mas que julguei valer a pena comentar. Vinho e comida se combinam e se complementam, experimentar a gastronomia da região por completo consiste em combinar vinho e comida local. Os vinhos em restaurante não são caros, em geral pode-se beber vinhos razoáveis por algo em torno de 10 euros a garrafa, se quiser gastar menos, na maior parte dos restaurante há o vinho da casa, que geralmente é simples e agradável.

Vista da principal praça em Montalcino

Vista da principal praça em Montalcino

5) Visite os bares e enotecas das cidades produtoras: as cidades localizadas em áreas produtoras de vinhos, como por exemplo Montalcino, Montepulciano e Castellina in Chianti, possuem diversos winebar e enotecas onde vinhos de vários produtores podem ser encontrados, sendo que em diversos casos, há uma boa oferta de vinhos em taças. Visitar as enotecas é um ótimo meio de conhecer vinhos de diferentes produtores, dos pequenos aos grandes, dos tradicionais aos de estilo mais moderno, sendo possível comparar os vinhos e comprar os que mais se adequam ao seu gosto pessoal.

6) Visite diferentes tipos de produtores: essa dica funciona não só para a Toscana, mas para qualquer região vinícola. Caso planeje visitar vinícolas durante sua viagem, o interessante é visitar diferentes tipos de produtores, dos pequenos aos grandes e dos tradicionais aos que seguem tendências mais modernas. Dessa forma é possível ter uma ideia mais ampla de como é a produção de vinhos na região e de como ela tem evoluído.

Em Lucca, Piazza Anfiteatro

Em Lucca, Piazza Anfiteatro

7) Agende as visitas: mais uma vez pode parecer óbvio e básico e eu até já abordei essa questão aqui no blog. Nas principais regiões produtoras é possível visitar algumas vinícolas sem agendamento (principalmente as grandes), mas muitas delas, incluindo algumas das grandes e famosas, solicitam agendamento prévio para visitação. Sendo assim, é sempre bom garantir, agendando com antecedência as vinícolas que você realmente quer visitar.

8) Não há espaço para correria (se perca!): a região, como demonstram as fotos que ilustram o post, possui uma paisagem belíssima e bastante peculiar. Sendo assim, não há motivo para correria, seja paciente, explore bem cada local que visitar, percorra diferentes caminhos, se perca, conheça aldeias que estejam fora de roteiros turísticos mais óbvios, etc. A Toscana é uma região que merece ser visitada com calma, troque uma viagem por toda a Itália, ou por diversas regiões do país, por uma focada apenas na Toscana, acredito que não irá se arrepender.

Charmosa rua em San Quirico d'Orcia

Charmosa rua em San Quirico d’Orcia

Sugestões de sites e blogs:

Minha primeira sugestão são os sites das “estradas do vinho” e dos consórcios de produtores, a grande maioria deles lista todos os produtores integrantes e possuem boas sugestões do que fazer em cada local, além de eventos e informações sobre os vinhos, o território e sua história. Abaixo listo os sites das estradas e consórcios das principais regiões produtoras da Toscana:

Consorzio Vino Brunello di Montalcino (http://www.consorziobrunellodimontalcino.it/)

Consorzio della Denominazione di San Gimignano (http://www.vernaccia.it/)

Consorzio del Vino Nobile di Montepulciano (http://www.consorziovinonobile.it/)

Consorzio del Vino Chianti Classico (http://www.chianticlassico.com/)

Strada del Vino Nobile di Montepulciano (http://www.stradavinonobile.it/)

Strada del Vino e dell’Olio Chianti Classico (http://www.stradachianticlassico.it/en)

Passeios na Toscana (http://passeiosnatoscana.com/): site de uma brasileira que vive na Toscana trabalhando como guia turística, onde além de encontrar diversas informações e dicas a respeito de destinos na região, é possível entrar em contato com a Deyse para contratar diferentes tipos de passeios guiados pela região.

Blog Bacco e Bocca (http://baccoebocca-us.blogspot.com.br/): devido às suas críticas ácidas e severas, esse é um blog bastante polêmico, com relação a isso deixo ao julgamento de cada um. Fato é que esses caras possuem em seu blog dicas imperdíveis de turismo na Itália (principalmente enogastronômico).

Wine World Wisdow (http://www.winewordswisdom.com/travel_itineraries/southern-tuscany-wine-tour.html): site em inglês sobre os vinhos italianos que possui um link (citado acima) com excelentes dicas de vinícolas, enotecas e restaurantes nas cidades de Montalcino e Montepulciano.

Map it Out Tuscany e Montalcino (http://www.mapitout-tuscany.com/) (http://www.mapitout-montalcino.com/): também em inglês aborda diversos roteiros turísticos pela Toscana, listando sugestões de vinícolas para visitar.

Siga o blog no FacebookTwitterGoogle+ ou Tumbrl.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Visão geral sobre enoturismo na Toscana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s