Início » Tipo de post » Curiosidades » Vinhos de guerrilha

Vinhos de guerrilha

Vinhedos implantados em um campo minado? Vinhedos implantados em áreas de conflito? Colheita das uvas em pleno conflito armado? Sim, no Líbano isso tudo acontece.

Dando sequência ao meu plano de abordar outras pautas aqui no blog, deixo como sugestão o vídeo abaixo, produzido pelo jornal inglês The Guardian, sobre a vitivinicultura no Líbano. No vídeo são entrevistados alguns dos mais reconhecidos produtores libaneses, como Serge Hochar do Chateau Musar, e são contadas histórias como a da implantação de um vinhedo em uma área onde foi encontrada uma bomba de fragmentação, narrada por Naji Boutros, proprietário do Chateau Belle-Vue.

Além disso, o vídeo ilustra muito bem o Líbano e suas paisagens, de forma sucinta e tendo o vinho como assunto principal. Belas imagens que me trazem saudades.

Deixo também um link para a matéria completa do The Guardian: http://www.theguardian.com/lifeandstyle/2011/oct/02/wine-in-lebanon-bekaa-valley

Anúncios

Um pensamento sobre “Vinhos de guerrilha

  1. Pingback: RIP Serge Hochar: Château Musar Branco 2005 | Contando Vinhos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s